Análise do Blog – As potência espirituais da alma – vontade, liberdade e inteligência – levam cada ser humano a pensar, desejar, e praticar o bem. O pecado original feriu nossa natureza humana e por isso somos tentado ao mal. Aqui mora o pai do aborto. A mãe…? bem, a mãe, por mais segura de que isto é o que melhor pôde fazer em determinado momento de sua vida, jamais, jamais esquecerá disso como algo que, bem no fundo, jamais quis fazer.

E ao lembrar-se desta tristíssima experiência no amanhã, seguramente concluirá que além de sua fraqueza e ou ignorância, o meio foi seu sócio. Sócio na decisão, porque a consequência é individual e intransferível, principalmente perante a si mesma e a Deus, justo Juiz e único bálsamo capaz de reconstruir sua paz e pureza, pois “mesmo que os teus pecados sejam como escarlate, ficarão brancos como neve*, se O procuras onde Ele sempre te espera hoje e sempre: na confissão Sacramental e consequentemente na Santa Eucaristia. (*Isaías 1,18),

 A Matéria – Promotores do aborto têm perdido as batalhas contra os pro-vidas nos EUA

http://www.bibliacatolica.com.br/blog/mundo/revista-times-promotores-do-aborto-tem-perdido-as-batalhas-contra-os-pro-vidas-nos-eua/#.UO4OmHfNleN