Análise do Blog – Está escancarado neste fato uma velha verdade: o governo federal sempre fez – durantes décadas – todo o possível para que a transposição não saísse, visando economia para o tesouro federal, valor que chega a  um milhão de reais ao dia (em dinheiro atual), e o Estado vem bancando desde que virou Território. Sorte deles que não sou servidor federal dependendo desta esmola (de alto valor mas muita humilhação), porque faria o que deveria ser feito, como cidadão, numa dessas visitas da Dona Nula… Ah, se faria!

A Matéria –

Raupp desmente notícia sobre transposição de servidores do ex-território de Rondônia aos quadros da União.

O senador Valdir Raupp (PMDB-RO) desmentiu, nesta quarta-feira (18), notícia divulgada pela imprensa de seu estado informando sobre a existência de um parecer secreto da Advocacia-Geral da União (AGU) contrário à transposição dos servidores do ex-território de Rondônia para os quadros da União.

Raupp observou que a transposição foi aprovada no Congresso Nacional no final de 2009 e, apesar de a Emenda Constitucional 60 já ter sido promulgada, até o momento não foi publicada instrução normativa pelo governo federal para concluir o processo de transição.

Segundo Valdir Raupp, o parecer secreto da AGU noticiado pela imprensa na verdade é uma minuta que seria publicada pelo órgão, mas foi engavetada devido a uma forte ação contrária da bancada federal de Rondônia.

– É bom repor a verdade. A minuta não é secreta, prova disso é que fiz pronunciamento ano passado e a repeli. Nós não aceitamos essa minuta. Nenhum membro da bancada federal aceitou. E foi exatamente pela nossa reação que a minuta não foi assinada —disse.

Fonte: Agência Senado